CAPACITAÇÃO

Curso "Reciclabilidade dos Materiais: do design de produtos ao gerenciamento de resíduos"

Embora o termo "reciclabilidade" tenha se originado na década de 90, atualmente vem ganhando espaço nas discussões a respeito da implementação e do cumprimento das metas de reciclagem da Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei Federal 12.305/2010) nos estados e municípios brasileiros. Isto porque uma grande parcela de resíduos considerados recicláveis é coletada e triada pelas cooperativas e associações de catadores de materiais recicláveis, mas acabam destinada aos aterros sanitários, contrariando a legislação, representando um desperdício de recursos e ocasionando uma série de problemas sociais e ambientais. Este curso é uma continuação do Webinar "A importância da Reciclabilidade para a PNRS e a Economia Circular" que oferecemos em 09 de outubro de 2020.

Nos dias 03 e 04 de novembro de 2020 acontece o Curso “Reciclabilidade dos Materiais: do design de produtos ao gerenciamento de resíduos”,  pensado e planejado em 04 Módulos divididos em 02 dias e ministrado por meio da plataforma Google Meet.

Este curso é fruto de anos de estudo da nossa fundadora e Engenheira Ambiental Tainá Bimbati, que pesquisou por que os recicláveis não são reciclados em uma abordagem integral da cadeia produtiva, considerando todas as etapas em igual importância, desde o design de produtos até a reciclagem industrial. 

O curso irá fornecer todos os conceitos necessários para entender o contexto e o histórico da abordagem industrial para a reciclagem no Brasil e no mundo, bem como os instrumentos e estratégias voltados a produtos, processos e à cadeia produtiva que orientam a reciclagem nos dias de hoje, trazendo à luz fatores que interferem e determinam a reciclabilidade dos materiais. Iremos abordar fundamentos da engenharia dos materiais, exemplos de aplicações dos plásticos, os processos de reciclagem e apresentar suas características e desafios.

O Curso

O curso busca conceituar, contextualizar histórica e legalmente a abordagem industrial para a reciclagem no Brasil e no mundo, bem como os instrumentos e estratégias voltados a produtos, processos e à cadeia produtiva que orientam a reciclagem nos dias de hoje, trazendo à luz fatores que interferem e determinam a reciclabilidade dos materiais e abordando fundamentos da engenharia dos materiais.

Para quem é?

Engenheiros ambientais, químicos, de produção, gestores, técnicos, designers, administradores, profissionais em geral que se interessam pelo tema.

Carga Horária

04 horas

Online

Aulas em tempo real no Google Meet.

Investimento

R$200,00 (cartão ou boleto) em até 4x.

Descontos para grupos

Grupo de 02 pessoas: 10%
Grupo de 03 pessoas: 20%
Grupo de 04 pessoas: 30%
Grupo de 05 pessoas: 40%
Grupo de 06 pessoas: 50% Entrar em contato através do: [email protected]

Conteúdo

Módulo I - Histórico da abordagem industrial para a reciclagem

  • Contextualização
  • Alteração da geração e composição de resíduos
  • Industrialização
  • Economia Linear e efeitos
  • Histórico da abordagem industrial para a reciclagem de resíduos sólidos
  • Instrumentos e estratégias voltados aos produtos, processos e cadeia produtiva:
    • Ecologia Industrial
    • Simbiose Industrial
    • Responsabilidade Estendida do Produtor
    • Produção + Limpa
    • Prevenção à Poluição
    • Projetar para o Meio Ambiente,
    • Projetar para a Desmontagem,
    • Projetar para a Reciclagem
    • Análise de Ciclo de Vida
    • Rotulagem Ambiental
    • Cradle to cradle
    • Economia Circular
    • Bolsa de Resíduos
    • Identificação Simbologia de Plásticos Recicláveis e
    • Simbologia de Descarte Seletivo e Identificação.

Módulo II - Marcos legais e conceituais da reciclagem no Brasil

  • Panorama da Gestão e Gerenciamento de Resíduos Sólidos no Brasil
  • Números: geração, coleta, destinação final
  • Marcos legais:
    • LF Nº 10.257/2001 – Estatuto das Cidades
    • LF 11.445/2007 – Política Nacional de Saneamento Básico
    • LE Nº 12.300/2006 – Política Estadual de Resíduos Sólidos (São Paulo)
    • LF 12.305/2010 – Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) 
  • Marcos conceituais:
    • Classificação de resíduos sólidos
    • Diferenciação entre resíduos e rejeitos
    • Responsabilidade Compartilhada
    • Reciclagem
    • Diferenciação entre reutilização e reciclagem
    • Logística reversa
    • Coleta Seletiva
  • O trabalho das associações e cooperativas de catadores de materiais recicláveis
  • Números de reciclagem
  • Problemática
Ministrante: Tainá A. Vedovello Bimbati

Módulo III - Plásticos: Fundamentos, aplicações e reciclagem

  • Introdução e Fundamentos
  • Introdução aos Materiais
  • Fundamentos: Propriedades, Estrutura, Processamento e Aplicação
  • Definição: O que são os “plásticos”?
  • Breve histórico dos plásticos
  • Cadeia de Produção, Consumo e Pós-Consumo: Quem são os atores na cadeia do plástico?
  • Aplicações dos Plásticos
  • Embalagens flexíveis: filmes simples e multicamadas, sacolinhas
  • Embalagens rígidas: potes, garrafas, frascos, isopor
  • Exemplos de outras aplicações: espumas, resinas termofixas, borrachas
  • Reciclagem dos Plásticos
  • Introdução aos tipos de reciclagem: primária (mecânica), secundária (mecânica), terciária (química) e quaternária (energética)
  • Foco em reciclagem mecânica secundária: como funciona e quais são os desafios
Ministrante:  Lucas Mendonça Lopes

Módulo IV - Reciclabilidade dos materiais

  • Reciclabilidade: Definições e constructos teóricos
  • Cadeia Produtiva de Ciclo Fechado – Closed Loop Supply Chain
    • Desenvolvimento de Produtos
    • Produção
    • Armazenamento
    • Distribuição
    • Consumo
    • Manutenção
    • Pós-Consumo
    • Reciclagem
  • Parâmetros de reciclabilidade: potencialidades e fragilidades na reciclagem
  • Que fatores podem reduzir ou aumentar a reciclabilidade dos materiais?
  • Territorialidade
  • Casos reais de produtos com materiais de baixa reciclabilidade
  • Quais os caminhos para a solução?

Tainá A. Vedovello Bimbati

Engenheira Ambiental e mestra em Engenharia Civil com ênfase em Saneamento e Ambiente (DSA-FEC/UNICAMP). Há 11 anos desenvolve pesquisas e trabalhos na área de gestão e gerenciamento de resíduos sólidos, coleta seletiva solidária e reciclabilidade. Atuou como assessora técnica voluntária da Associação Cooper 3Rs de catadores de materiais recicláveis em Mogi Guaçu/SP, onde atuou junto à FUNASA em Edital para aquisição de equipamentos no ano de 2011 e 2012. Durante o mestrado atuou como pesquisadora colaboradora do Laboratório FLUXUS, do Departamento de Saneamento Ambiental da Faculdade de Engenharia Civil e Arquitetura da UNICAMP, onde desenvolveu pesquisa sobre a reciclabilidade dos materiais em uma abordagem integral da cadeia produtiva. Na ocasião, teve contato e desenvolveu pesquisas junto a cooperativas de catadores de materiais recicláveis de Campinas/SP. Fundadora e presidente do Instituto Ambienta, coordena e desenvolve programas e projetos técnicos, estudos e pesquisas nas áreas de resíduos sólidos e reciclabilidade dentro do contexto de responsabilidade social e ambiental.  Em 2018 e 2019 coordenou e desenvolveu um trabalho junto à cooperativas de catadores do Vale do Paraíba para a autogestão e melhorias das centrais de triagem. Também é auditora em Responsabilidade Social e Ambiental.

Lucas Mendonça Lopes

Bacharel em Ciência e Tecnologia e Engenheiro de Materiais pela Universidade Federal do ABC (UFABC). Cursou a disciplina de Estratégia Tecnológica na Empresa, Inovação e Internacionalização na FEA-USP. Trabalha há 7 anos na Braskem, atuou nas áreas de Inovação e Tecnologia, onde estruturou a área de Inteligência Tecnológica e atualmente é responsável por Tecnologia em Gestão do Conhecimento.