CAPACITAÇÃO

Treinamento para Manifesto de Transporte de Resíduos - MTR SINIR e SIGOR

O Ambienta oferece treinamento e orientação para a sua empresa para a emissão do Manifesto de Transporte de Resíduos (MTR) em nível federal e estadual (São Paulo)A emissão do MTR e demais documentos referentes ao transporte e destinação adequada dos resíduos sólidos é prevista na Portaria Nº 280/2020 e no Decreto Estadual nº 60.520 de 2014A nível federal, o MTR é emitido pelo Sistema Nacional de Informações sobre a Gestão de Resíduos Sólidos (SINIR). No Estado de São Paulo, é emitido pelo SIGOR em um acordo de cooperação entre a CETESB e a ABETRE. A utilização do MTR é obrigatória para todos os geradores de resíduos sujeitos à elaboração de Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS).

O treinamento

Treinamento para profissionais que atuam com gerenciamento de resíduos sólidos dentro de estabelecimentos geradores de resíduos sujeitos à elaboração do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos afim de contribuir para o conhecimento dos trâmites operacionais e conceituais para a emissão do MTR em nível Federal, através do SINIR, e Estadual, através do SIGOR.

Para quem é?

Funcionários e colaboradores responsáveis pelo gerenciamento de resíduos sólidos nas organizações, Engenheiros Ambientais, Gestores Ambientais, Consultores, Associações e Cooperativas de catadores de materiais recicláveis, Entidades de classe patronal e trabalhista. 

Carga Horária

02 horas (Data a combinar)

Online

Aulas em tempo real no Google Meet.

Investimento

Profissionais autônomos: R$ 120,00; Empresas: R$1.200,00

Descontos para grupos

Entrar em contato: institucional@ambienta.org.br

Roteiro

  • Cadastro de empreendimentos e usuários
  • Tipos de perfis
  • Responsabilidades de acordo com cada perfil
  • Elaboração de MTR
  • Elaboração de MTR a partir de modelo
  • MTR provisório
  • Declaração de
  • Movimentação de Resíduos
  • Certificado de Destinação Final
  • Classificação de resíduos
  • Dúvidas

Bases Legais

  •  Lei Federal nº 12.305/2010 – Política Nacional de Resíduos
  • Lei Estadual n° 12.300/2006 – Política Estadual de Resíduos Sólidos
  • Decreto Estadual n° 54.645/2009
  • Decreto Estadual n° 57.817/2012
  • Decreto nº 7.404, de 23 de dezembro de 2010
  • Decreto Federal Nº 10.388/2020
  • MMA – Portaria 219/2020 – SINIR
  • MMA – Portaria 280/2020 – Sistema MTR
  • MMA – Portaria 412/2019 – SINIR
  • Decreto Federal 60.520/2014
  • Resolução SMA 81/2014
  • ABNT NBR 10.004/2004 – Classificação de Resíduos Sólidos
  • INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 13 DE 2012
  • ANTT Nº 5.232/2016
  • CONAMA Nº 307/2002
  • CONAMA nº 358/2005
  • RDC ANVISA nº 306/2004

Tainá A. Vedovello Bimbati

Engenheira Ambiental e mestra em Engenharia Civil com ênfase em Saneamento e Ambiente (DSA-FEC/UNICAMP). Há 11 anos desenvolve pesquisas e trabalhos na área de gestão e gerenciamento de resíduos sólidos, coleta seletiva solidária e reciclabilidade. Atuou como assessora técnica voluntária da Associação Cooper 3Rs de catadores de materiais recicláveis em Mogi Guaçu/SP, onde atuou junto à FUNASA em Edital para aquisição de equipamentos no ano de 2011 e 2012. Durante o mestrado atuou como pesquisadora colaboradora do Laboratório FLUXUS, do Departamento de Saneamento Ambiental da Faculdade de Engenharia Civil e Arquitetura da UNICAMP, onde desenvolveu pesquisa sobre a reciclabilidade dos materiais em uma abordagem integral da cadeia produtiva. Na ocasião, teve contato e desenvolveu pesquisas junto a cooperativas de catadores de materiais recicláveis de Campinas/SP. Fundadora e presidente do Instituto Ambienta, coordena e desenvolve programas e projetos técnicos, estudos e pesquisas nas áreas de resíduos sólidos e reciclabilidade dentro do contexto de responsabilidade social e ambiental.  Em 2018 e 2019 coordenou e desenvolveu um trabalho junto à cooperativas de catadores do Vale do Paraíba para a autogestão e melhorias das centrais de triagem. Também é auditora em Responsabilidade Social e Ambiental.